Tag Arquivos: Calçado

  • -

Parceria sólida entre H Sarah Trading e o Município de Espinho

Tags : 

O protocolo entre a H Sarah Trading e o Município de Espinho  foi assinado no final do ano de 2015 e conta com 24 equipamentos no concelho. Esta parceria, que visa a recolha de roupa, calçado e brinquedos usados, engloba um forte apoio social, na medida em que o material recolhido se destina a instituições do município sempre que haja necessidade.

Os espinhenses podem encontrar os contentores da H Sarah Trading e depositar os artigos que já não utilizam nas seguintes freguesias:

  • Espinho:

– Rua 8 (Casino)

– Rua 20 (Ecopontos / Cemitério)

– Rua 30 (Cruz Vermelha)

– Rua 41 (Supermercado Novo Horizonte)

– Rua 20 (Centro Ótico)

– Rua 30 (Cruz Vermelha)

  • Anta e Guetim:

– Rua 17 (Ecopontos / Urb. Parque Luso)

– Bairro da Ponte da Anta (Ecopontos)

– Avenida 32 (Ecopontos)

– Rua 38 (ao lado dos contentores do lixo)

– Rua da Idanha (Igreja)

– Praceta Capitão Salgueiro Maia (Ecopontos / Urb. Capelinhas)

– Rua do Pinhal (Ecocentro)

– Rua 28 (Escola Manuel Laranjeira)

– Rua 34 (Escola Sá Couto)

– Rua Luís de Camões (Ecopontos / Cemitério de Guetim)

– Rua João Francisco Silva (Parque Infantil de Guetim)

  • Paramos:

– Rua Nova (Cemitério)

– Rua Padre Sá (Ecopontos)

– Travessa dos Loureiros (Centro Escolar de Paramos)

  • Silvalde:

– Avenida São João de Deus (Ecopontos)

– Rua das Fábricas (Ecocentro)

– Avenida Albergaria (Junta de Freguesia)

– Rua Alcino Caréu (Sede Leões Bairristas)


  • -

Amarante recolheu quase 40 toneladas de materiais têxteis

Tags : 

No âmbito do Protocolo de colaboração entre o Município de Amarante e a H Sarah Trading, empresa de recolha e encaminhamento de têxteis, foram reunidas quase 40 toneladas de material no decorrer do ano de 2017. Esta parceria, que teve início em junho de 2015, contempla 18 contentores no Município para a recolha de roupa, calçado e brinquedos.

Após a recolha, o primeiro passo é definir qual o material que pode ser reutilizado ou, caso não apresente condições, encaminhado para a reciclagem. Após esta seleção, o material que possa ser reutilizado é distribuído pelos serviços de Ação Social das entidades protocoladas, Municípios, IPSS´s e Associações de âmbito social, em função dos pedidos e do stock disponível. Aquele que não apresente condições de reutilização, segue então para a reciclagem, da qual resultam, entre outros, estofos para automóveis ou desperdícios de oficinas.

Assim, de acordo com a análise ao relatório efetuado aquando da parceria, resultaram 38,544 toneladas de material, das quais 27 foram reutilizadas, cerca de 8 toneladas seguiram para reciclagem e apenas uma pequena parte de material que não se encontrava em condições de reutilização foi para o aterro sanitário. Contas feitas, em 2017, o ambiente ficou a ganhar, conseguindo menos 96 toneladas de emissões de CO2.

Recorde-se que esta parceria é uma mais-valia, devido à forte componente ambiental e social que representa. Em troca da recolha de material, a empresa disponibiliza um apoio anual à autarquia, que é direcionado para projetos/iniciativas sociais destinados à população mais carenciada do concelho de Amarante. Este Protocolo é um importante contributo na luta contra os fenómenos de pobreza e exclusão social, focando a consciencialização cívica, social e ambiental do cidadão.


  • 0

Parceria Município de Vidigueira

Tags : 

Ao abrigo do Protocolo celebrado entre a H Sarah Trading e o Município da Vidigueira, foram instalados vários equipamentos de recolha de roupas, calçado e brinquedos, no passado dia 27 de janeiro, no concelho.


  • 0

LAVCH Tondela – Viseu

Tags : 

“O Município de S. Pedro do Sul, a Liga de Amigos e Voluntariado do Centro Hospitalar Tondela-Viseu e a H Sarah Trading, Lda. assinaram, recentemente, um Protocolo que possibilitou a vinda de nove contentores para este concelho, com vista à recolha de roupa, têxteis-lar, calçado e brinquedos usados.
Junto ao Centro de Saúde local, ao INATEL, situado nas Termas, e nas seguintes freguesias: Figueiredo de Alva, Pindelo dos Milagres, Sul, Bordonhos e Manhouce; e nas Uniões das Freguesias de São Martinho das Moitas e Covas do Rio e de Santa Cruz da Trapa e São Cristóvão de Lafões foram os locais escolhidos para a sua implementação.”

Notícia: Notícias de Lafões

Nove contentores espalhados pelo concelho para a recolha de bensO Município de S. Pedro do Sul, a Liga de Amigos e…

Posted by Notícias de Lafões on Donnerstag, 16. Februar 2017


  • 0

Parceria Infralobo

Tags : 

A Infralobo (Empresa de Infra-estruturas de Vale do Lobo) e a H Sarah Trading, celebraram um Protocolo que visa a colocação de equipamentos de recolha de roupa, calçado e brinquedos em Vale do Lobo.
Esta parceria, permitirá ao cidadão contribuir para a reciclagem e recuperação têxtil e, consecutivamente, apoiar os projetos da ASCA – Associação Social e Cultural de Almancil.
Durante o dia de ontem foram instalados dois equipamentos, um junto ao Supermercado Pingo Doce e outro perto do Aldeamento Dunas Douradas Beach Club.
Reciclar é Ajudar!


  • 0

Parceria Município de Viana e H Sarah Trading

Tags : 

A Câmara Municipal de Viana do Castelo, entregou hoje a três instituições de solidariedade social do concelho o valor de 12.394 euros, resultantes do Protocolo assinado pela autarquia com quatro diferentes entidades que, desde 2015, instalaram 77 contentores de recolha de roupas, calçado e brinquedos nas freguesias do concelho de Viana do Castelo.
De acordo com o protocolo firmado com a Sarah Trading, Ultriplo, Humana e Wippytex, a instalação dos contentores tem como contrapartida um contributo em dinheiro a reverter para instituições de solidariedade social. Em 2017, foram atribuídos subsídios extraordinários de 4131,63€ à ACAPO – Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal-Delegação de Viana do Castelo, ao Centro Social e Paroquial Senhor do Socorro e ao Centro Social e Paroquial de Vila de Punhe.
De ressalvar que esta atribuição resulta de um protocolo entre a Câmara Municipal de Viana do Castelo e as quatro empresas criado com o objetivo de promover o reforço da cooperação social entre as duas entidades e desenvolver mecanismos de cooperação que tornem possível e promovam a participação conjunta em atividades de caráter social e de emergência social.
As empresas instalaram os contentores destinados à recolha de roupa, calçado, brinquedos e outros, sendo que, por cada tonelada recolhida, é doada à autarquia uma quantia que visa o desenvolvimento de novos projetos de cariz social/ambiental.
Notícia: Gabinete de Imprensa – Câmara Municipal de Viana do Castelo
http://www.cm-viana-castelo.pt/pt/noticias/camara-municipal-distribui-cerca-de-12-500-euros-para-instituicoes-de-solidariedade